Anatomia Funcional – Quadrado Lombar

Anatomia Funcional – Quadrado Lombar

Desta vez um texto curto, porém bem esclarecedor do ótimo Chuck Wolf, preparador físico que possui um centro de treinamento na Flórida, o Human Motion Associates, discutindo de maneira divertida o papel funcional do quadrado lombar. Tive a oportunidade de vê-lo nas 2 ocasiões em que esteve no Brasil, participando da 1ª e 2ª edições do Summit Internacional do Movimento em Fortaleza – CE, um grande evento anual encabeçado pelo André Bellaguarda de Fortaleza e pela Carla Sottovia, brasileira radicada em Dallas – Texas.

Como de hábito, aqui vai o link do artigo no original em inglês: I’m Your QL: Please Don’t Just Take me into Lateral Flexion.

Abraço aos amigos.

Eu sou o seu Quadrado Lombar – Por favor não faça somente flexões laterais comigo

Chuck Wolf

Eu sou o seu Quadrado Lombar e tenho uma pergunta para vocês: Por que tantas pessoas tentam me fortalecer fazendo Flexões Laterais contra resistência? Por favor, dêem uma boa olhada em mim, muitas vezes sou mal compreendido.

Olhem para o meu alinhamento e inserções. Se forem notar, eu tenho uma angulação ligeiramente oblíqua, e as minhas fibras não tem uma orientação puramente vertical. Eu vou da crista ilíaca e ligamento iliolombar e subo numa angulação superior e medial para inserir na 12ª costela e nas vértebras  lombares de L1-L5. Como muitos outros alinhamentos no corpo que tem uma orientação angular e não puramente vertical, eu quero fazer movimentos rotacionais, não apenas movimentos lineares como a flexão lateral.

Eu forneço estabilidade ao gradil costal e pelve. Mas deixe-me dizer algo, se as pessoas ficam me treinando no plano frontal (N.T: referindo-se ao exercício de flexão lateral), eu me tornarei muito estável e não permitirei a dissociação do quadril com a coluna e poderei realmente causar estragos. Eu tenho sido implicado na dor lombar, dor no quadril, lordose lombar aumentada, lordose lombar diminuída e como contribuinte de rigidez nos flexores do quadril. Eu tenho uma inserção próxima da do meu camarada Ilíaco. Claro que vocês sabem que o Ilíaco é um amigo próximo do Psoas, então poderia ser dito que esse cara também me influencia. Mas eu tenho outros camaradas também, como o Transverso Abdominal, e seu amigo próximo, o Oblíquo Interno. Se vocês notarem, toda essa gangue possui uma angulação e gosta de produzir movimentos rotacionais. Então a minha questão a vocês é novamente está: Por que eu não posso rodar como eles, ao invés de ficar fazendo apenas movimentos lineares chatos como a flexão lateral?

pulley lat flx

Movimento no plano frontal: Flexão lateral com cabo (ou pulley baixo)

Vamos fazer um trato! Tentem me treinar usando movimentos rotacionais. Pensem nisso por um momento. Eu tenho uma conexão direta com os quadris e a coluna. Duas das mais móveis regiões do corpo são justamente os quadris e a coluna torácica. Se você me ajuda a me manter móvel, me permitindo treinar no plano transverso, e ter a certeza de que o movimento venha dos quadris e da coluna torácica, eu serei mais feliz e adicionarei a quantidade certa de mobilidade, enquanto contribuo com a quantidade certa de estabilidade para os quadris e a coluna. Adicionalmente, eu irei ajudar a assistir em permitir o movimento pélvico apropriado em todos os 3 planos, enquanto há a estabilização da coluna lombar. Por favor, vejam minha linda foto e o vídeo anexado abaixo e veja como me treinar e permitir que eu trabalhe sinergisticamente com meus amigos Psoas, Ilíaco, Oblíquo Interno e Transverso Abdominal. Se eu puder brincar com eles, eu posso ajudar a melhorar o ciclo da marcha, porque eu tenho a mobilidade para permitir a rotação na coluna torácica e no complexo escapular do lado contrário. Isto irá permitir um melhor recrutamento dos abdominais já que eles podem trabalhar melhor no plano transverso durante o ciclo da marcha. Se tudo isto ocorrer, o comprimento da passada das pessoas na marcha se torna maior e mais livre, alongando os flexores do quadril, músculos da panturrilha e complexo glúteo. A maioria das pessoas não está consciente da minha relação sinergística através do corpo. Agora, vamos treinar, mas por favor, não apenas no plano frontal!

 

Chuck Wolf explicando o papel do Quadrado Lombar no Ciclo da Marcha

 

tabela quadrado lombar I

 

quadrado lombar I

tabela quadrado lombar II

quadrado lombar II

 

2 Comentários

  1. Cleonice Braga Plinta disse:

    Gostaria de receber mas informações em meu email
    Estou fazendo massoteria
    e essa materia foi bem clara com as explicações
    Obrigado

    • xandao disse:

      Olá Cleonice, no próprio site na aba contato tem um formulário para preeenchimento, após enviar voce já estará cadastrada para receber nossas newsletters.
      Obrigado pela preferencia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *